Pais Aprovados por Deus


A aprovação de um homem como pai pela sociedade é dada mediante a observação de vários critérios: se o pai deu ao filho casa, comida, roupas, presentes, passeios, instrução religiosa e secular em boas instituições; se o pai esteve sempre presente junto ao filho disciplinando-o ou não. E ainda, se o filho não se perdeu nas drogas, jogatina e prostituição; se o filho tornou-se um trabalhador honrado; se o filho casou-se, constituiu-se em família e gerou filhos; se o filho soube gerar e administrar seus próprios recursos; se o filho preservou o vínculo com seus pais cuidando deles na velhice; e, de maneira geral, se o filho alcançou sucesso perante a sociedade, etc...


Deus também tem os seus critérios para a aprovação ou não de pais quanto à criação correta de seus filhos. De uma maneira precisa, clara e objetiva, esses critérios se encontram nas Escrituras Sagradas e destaco o que nos ensinam os Salmos 127 e 128, especialmente o verso primeiro do Salmo 128, que diz: “Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos!”. Eis os critérios de Deus por meio dos quais a avaliação é feita. São aprovados os pais que temem ao Senhor e andam nos seus caminhos, independentemente se seus filhos, por determinado tempo, não agirem de maneira correta diante de Deus e da sociedade a qual pertencem.

Temer ao Senhor é tomar a atitude de esforçar-se totalmente para não desagradar a Deus em nada; é dispor-se para uma santa e constante reverência para com Deus; é ter medo de pecar contra Ele, entristecendo-o, provocando sua santa ira, e trazendo prejuízos para si e para os seus.

Andar nos caminhos do Senhor é tomar a atitude de ser fiel e obediente à sua Lei, revelada nas Santas Escrituras, que expressam de maneira clara o caminho no qual Ele deseja que andemos, caminho este, que devemos ensinar aos nossos filhos.

Prezados pais, temos levado a sério esses critérios? Temos tido a preocupação de temer ao Senhor e andar em seus santos caminhos?

Os pais que levarem a sério esses critérios, priorizando-os em suas vidas, gerarão filhos conforme os salmos citados que lhes serão: 1º) Herança (benção que se recebe advinda do esforço de outros, nesse caso do Senhor), 2º) Galardão(recompensa, prêmio), 3º) Proteção quando os inimigos chegarem (Salmo 127: 3-5), e ainda, 4º) Uma garantia de que as gerações se sucederão em plena vitalidade, pois os filhos serão como brotos novos da oliveira (Salmo 128:3).

Parabéns pais pelo seu dia. Que Deus continue derramando suas bênçãos sobre suas preciosas vidas.


Por Rev. Elmir Batista Pereira - Igreja Presbiteriana do Brasil
Texto e Imagem: Blog Boletim IPBV

Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

3 comentários:

  1. Que lindo texto Fabi, um feliz dia dos pais pra vc e sua familia. ótimo domingo. Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Fabi minha querida,
    todos os pais merecem esse carinho, linda homenagem!
    O Pai dos pais é o mais sábio e o melhor Pai do mundo
    ele deu seu próprio filho por nós, a maior prova de amor
    que um pai pode dar aos seus filhos o seu próprio sangue.

    Beijinhos, fica com Deus ♥

    ResponderExcluir
  3. Olá Fabiana, excelente texto para refletirmos, sobretudo os pais, todos aqueles que educam filhos de acordo com sua fé em Deus certamente estarão no caminho correto! Adorei! Bjinhosss

    ResponderExcluir

Olá! Obrigada pela visita ao blog :) Todos os comentários são moderados e, por isso, pode demorar um pouquinho para que sejam publicados ;)

  • Home
  • Quem faz
  • Receitas em Vídeo
  • Minhas Viagens
  • Anuncie no Blog
  • Contato