História do hino: Aflição e Paz

Hino Aflição e paz.
Imagem: Blog Vasos de Honra


Esta é a história da composição do hino Aflição e Paz por Horatio Gates Spafford.
Emocionante e encorajador, vale a pena ler:


Hino n. 108 do Hinário Novo Cântico


Aflição e Paz


Se paz a mais doce me deres gozar,
Se dor a mais forte sofre,
Oh! Seja o que for, tu me fazes saber
Que feliz com Jesus sempre sou!

Sou feliz com Jesus,
Sou feliz com Jesus, meu Senhor!

Embora me assalte o cruel Satanás
E ataque com vis tentações;
Oh! Certo eu estou, apesar de aflições,
Que feliz eu serei com Jesus!

Meu triste pecado, por meu Salvador
Foi pago de um modo cabal!
Valeu-me o Senhor! Oh! Mercê sem igual!
Sou feliz, graças dou a Jesus!

A vinda eu anseio do meu Salvador!
Em breve virá me levar
Ao céu, onde eu vou para sempre morar
Com remidos na luz do Senhor!

(H. G. Spafford - Wm. E. Entzminger)


Este hino tem uma letra muito confortante e foi escrito por Horatio Gates Spafford em um momento de muita dor. Spafford era um advogado de sucesso em Chicago. Em 08 de outubro de 1871 o grande incêndio de Chicago destruiu grande parte da cidade e, consequentemente, a maioria das propriedades que Spafford havia adquirido com o esforço de seu trabalho. Porém, a grande tragédia de sua vida aconteceu 2 anos depois, em 1873:

Spafford, sabendo que um grande amigo seu, D. L. Moody, estaria pregando em uma região da Inglaterra no outono, resolveu passar férias com sua família na Europa. Porém, com alguns trabalhos a fazer ele decidiu enviar primeiro a sua esposa (Anna Tubena Larsen) e suas quatro filhas, Anna, Margaret, Elizabeth e Tanetta. 
Em 21 de novembro de 1873, enquanto elas atravessavam o Oceano Atlântico, o navio a vapor em que estavam, chamado Ville du Havre, colidiu com outro navio, 226 pessoas morreram inclusive suas 4 filhas. Sua esposa Anna foi a única sobrevivente da família e, resgatada por outra embarcação, assim que chegou à Inglaterra enviou um telegrama ao seu esposo que dizia: "Salva, porém só" ("Saved alone"). Spafford então viajou para a Inglaterra e, mesmo em um momento de profunda dor, ao passar pelo local da morte de suas filhas ele compôs este belo hino que até hoje é cantado nas igrejas históricas reformadas, como a Igreja Presbiteriana do Brasil. 

Spafford em seu momento de grande provação e tribulação buscou consolo e refúgio em Deus. Que possamos nós também demonstrar a mesma confiança e disposição para com Deus em nossas dificuldades, que muitas vezes são tão pequenas comparadas à tragédia que este homem de Deus sofreu.


Fonte de pesquisa: Clique aqui.


No vídeo abaixo vocês podem ver um coral cantando este hino:





E, neste outro vídeo temos um garotinho em uma versão instrumental linda deste hino:




Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

8 comentários:

  1. Oi minha linda.. saudade desse cantinho lindo..
    Quantas coisas deliciosas perdi por aqui..
    Hummmm tantas receitinhas maravilhosas.
    Aquele frango pizzaiolo está dos deuses...

    Que sua tarde de domingo seja mais que especial e sua semaninha abençoada viu?

    Beijokas

    ResponderExcluir
  2. Nossa que coisa linda!
    Me emocionei ao ler o hino e a história dele!

    Bjooo e boa semana

    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oii Fabi, não conhecia o hino, achei sensacional, e muito reflexivo, obrigado por nos mostrar! Bjooos

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde Fabi!
    Gostei muito da letra do hino e da história, pois com Deus, vencemos
    todas as tribulações, é através da fé e das orações que obtemos as
    graças em nossas vidas através de Deus em nome de Jesus!

    Obrigada por compartilhar essa linda e abençoada postagem!
    Beijos, ótima semana!

    ResponderExcluir
  5. Um belo texto, sem dúvida Fabiana ! :)

    Beijinhos

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  6. Olá querida!
    Que lindo este hino Fabiana, as ultimas linhas são de arrepiar!
    Beijos e uma semana repleta das bençãos de Deus,
    Oslaine

    ResponderExcluir
  7. Olá meninas! Este hino é mesmo lindo e sua história comovente!

    Abraços. Fabiana.

    ResponderExcluir

Olá! Obrigada pela visita ao blog :) Todos os comentários são moderados e, por isso, pode demorar um pouquinho para que sejam publicados ;)

  • Home
  • Quem faz
  • Receitas em Vídeo
  • Minhas Viagens
  • Anuncie no Blog
  • Contato