Filhos Obedientes

Mensagem Rev. Hernandes Dias Lopes
Imagem: Blog Boletim IPBV

Filhos Obedientes


Obedecer aos pais não é uma opção dos filhos, é um imperativo de Deus para eles. A obediência é o caminho da liberdade verdadeira, é a porta da felicidade e o segredo de uma consciência sem culpa. A obediência dos filhos aos pais traz bênção de Deus para eles. Honrar pai e mãe prolonga os dias de vida na terra, melhora a qualidade de vida da família, sustenta os alicerces da sociedade, lança os fundamentos de um futuro casamento feliz e uma descendência bem aventurada.

Os filhos que obedecem aos pais, poupam-se de muitas dores, fogem de muitos caminhos perigosos e evitam muitas lágrimas. Os filhos que honram aos pais são mais felizes, mais estáveis emocionalmente, mais bem sucedidos nos estudos, mais bem aventurados na vida profissional e certamente são os que alcançam maior sucesso no casamento e na vida. O caminho da desobediência, porém, é um caminho tortuoso, escuro, escorregadio e ladeado de abismos perigosos. A desobediência atrai maldição, deságua em traumas profundos, provoca feridas e gera a morte. A rebeldia dos filhos contra os pais é um pecado grave. A rebelião é como o pecado da feitiçaria. Resistir a autoridade dos pais é resistir a autoridade de Deus. A autoridade dos pais sobre os filhos é uma autoridade delegada pelos céus e não uma lei imposta pela convenção ou conveniência da cultura humana.

Conclamamos, portanto, aos filhos da nossa igreja para refletirem sobre esta questão com seriedade. Deus espera que o coração dos filhos seja convertido ao coração dos pais. Deus espera que a família seja um lugar de vida abundante, de amor profundo, de diálogo respeitoso, de comunicação transparente, de companheirismo sincero e encorajamento recíproco. O lar deve ser um lugar de ensino, adoração, comunhão, disciplina, amor, perdão e restauração. Os filhos precisam ser amigos dos pais. Os pais precisam ter canais abertos de comunicação com os filhos. Os filhos precisam ter abertura e confiança para segredar aos pais seus conflitos, suas fraquezas e suas necessidades mais íntimas. Os pais precisam ter empatia e sabedoria, para ver as coisas como os filhos as vêem, ajudando-os a superar suas dificuldades na dependência do poder de Deus. Que o Senhor nos dê a graça de vermos uma geração de filhos que ousem obedecer e honrar a seus pais, para que vejamos tempos mais venturosos na família, na igreja e na sociedade.

Rev. Hernandes Dias Lopes.

Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

4 comentários:

  1. Bom diaaaa
    Lindo post, gostei muito!

    Bom domingo

    Bjooooos

    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Perfeito o texto, educação é a base da harmonia no lar! Filhos educados = lar em harmonia! Amiga vou viajar e aproveitar p dar uma pausa no blog, volto por volta do dia 10 de junho, até lá estarei eventualmente no face! Bjoooosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kellen. A educação é muito importante na família, mas a base mesmo é o Senhor Jesus, que pode nos orientar de como devemos educar os filhos, como proceder em família e tudo o mais. Boa viagem pra você, assim que voltar estarei lá no seu blog :)

      Abraços. Fabiana.

      Excluir

Olá! Obrigada pela visita ao blog :) Todos os comentários são moderados e, por isso, pode demorar um pouquinho para que sejam publicados ;)

  • Home
  • Quem faz
  • Receitas em Vídeo
  • Minhas Viagens
  • Anuncie no Blog
  • Contato